consumo-consciente

Dicas para aplicar o consumo consciente no autocuidado

Você quer aderir ao consumo consciente e ressignificar ainda mais suas compras? Saiba como aplicar esse conceito em suas compras de self care

O consumo consciente tem se tornado cada vez mais acessível e aplicado no dia a dia.

Até os anos 2000 esse conceito era visto como uma característica própria dos hippies, que abriam a mão de bens materiais para viver do que a natureza dava. Hoje, ele faz parte da vida de diversas pessoas preocupadas com o resultado de suas ações no planeta. 🌎

Mas não pense que esse tipo de consumo envolve apenas deixar de comprar algo. Consumir com consciência diz respeito ainda a optar por produtos de qualidade, dando preferência para empresas que não usam trabalho escravo ou teste em animais (cruelty free), por exemplo.

Portanto, separamos algumas dicas para te ajudar a cuidar de você com consciência.

O que é consumo consciente?

O consumo consciente é um conceito que pensa nos impactos causados por essa ação não só para o cliente, mas também para a sociedade, o meio ambiente e as relações de trabalho.

Assim, ele engloba repensar não só a necessidade de uma compra, como também as formas de uso de um produto, seu descarte e sua origem. 🤩

Quando passamos a ter essa preocupação, deixamos de:

  • Comprar por impulso;
  • Ter vários produtos que não serão usados;
  • Acumular coisas;
  • Gerar lixo em excesso;
  • Entre outros.

Dessa forma, o consumidor consciente é aquela pessoa que pensa nas consequências de todas as suas compras, viu!?. Ou seja, ele busca o equilíbrio entre sua satisfação pessoal e a sustentabilidade! ☺️

Se você já se perguntou se precisava daquele produto ou se iria usar até o fim, certamente é uma pessoa que se preocupa em consumir de forma mais pensada. O mesmo vale para quando opta por comprar de pequenos produtos ou de empresas que se preocupam com o meio ambiente. 🤩

Embora o consumo consciente esteja em alta nos dias atuais, as discussões sobre os impactos do ato de comprar qualquer coisa começaram ainda na década de 60. Uma das organizações pioneiras foi a Consumers International, que hoje está presente em mais de 100 países.

Além de defender os consumidores em todo o mundo, ela visa ainda formular políticas para garantir mais segurança, justiça e honestidade durante uma compra.

Qual a importância de adotar essa prática em self care?

O autocuidado ou self care engloba tudo aquilo que você faz para cuidar do seu corpo, da sua saúde, bem-estar e da sua mente. No entanto, geralmente ele é visto apenas como o hábito de ter uma rotina de cuidados com o corpo e o rosto.

Como resultado, as empresas lançam milhares de produtos de skincare (e atribuem o desejo de consumo) e as pessoas enchem suas prateleiras de embalagens e cremes diversos. Muitos deles acabam esquecidos ou são jogados fora assim que surge um novo item “milagroso”.

Agora imagine a quantidade de lixo gerado em um país que é o quarto maior mercado de beleza, como o Brasil? Ou em que 36,3% dos consumidores fazem compras para aliviar o estresse do cotidiano? 😱

Isso sem contar na exploração da natureza para a obtenção de matéria prima. Se hoje os ecossistemas já dão vários sinais de desequilíbrio (rios secos, derretimento de calotas polares, tsunamis, pandemias, etc), imagine como será daqui 10 ou 20 anos. 🧐

Por isso, é cada vez mais necessário alinhar o self care ao consumo consciente. Afinal, se preocupar com o meio ambiente também é uma forma de autocuidado. 🤗

Além disso, o movimento também diz respeito a preferir empresas éticas e transparentes, que tem ações sustentáveis (eco friendly), usam fórmulas livres de ingredientes tóxicos, que se preocupam com os impactos na sociedade ou na natureza. 💖

Como começar a colocar o consumo consciente no autocuidado em prática?

Ser um consumidor consciente é mais fácil do que parece. Mas para te ajudar nessa jornada, separamos três dicas importantes. Veja:

Saiba o porquê daquela compra

Ao comprar um novo produto de beleza ou bem-estar, analise o porquê da compra. Você realmente precisa daquilo ou vai comprar pelo marketing ou impulso? Geralmente as compras são feitas baseadas no discurso de desejo das marcas, que estão sempre “lançando novidades”.

Dessa forma, antes de abrir o site do seu e-commerce preferido, faça uma lista do que você realmente precisa para cuidar de você mesma.

Evite ainda optar por promoções do tipo compre 2 e pague 1. Em muitos casos, as pessoas compram pelo fato de estarem “ganhando” um novo produto, mas que muitas vezes não irão usar.

Planejar as compras ajuda não só a consumir de forma mais pensada, como também a economizar e a reduzir itens indesejados.

Saiba quem é a empresa

Na hora de aplicar o consumo consciente no dia a dia, é fundamental também saber quais os princípios e valores da marca. Afinal, consumir de empresas que não tratam bem os seus funcionários ou que usam trabalho escravo vai contra o movimento.

Sendo assim, busque saber:

  • Como a empresa se relaciona com os recursos naturais;
  • Se existe alguma denúncia de trabalho escravo;
  • Quais são os valores e princípios da marca;
  • Como é o modo de produção;
  • Se usa ingredientes tóxicos ou é uma empresa de beleza limpa;
  • Entre outros.

Consumo consciente – Use o produto até o fim e dê a destinação correta

As compras desenfreadas são responsáveis por gerar excesso de lixo. Embalagens plásticas vão parar nos mares e rios, e outros produtos que poderiam ser reciclados acabam indo para os aterros sanitários.

Entretanto, o consumo consciente faz com que o cliente use determinado produto até o fim (por isso a importância de planejar a compra). E depois ainda dá a destinação correta para as embalagens.

Portanto, se seu item de beleza ou bem-estar acabou, busque saber se a empresa tem algum programa de logística reversa. Aqui na Beauts, cada vez que um produto é comprado, uma embalagem é retirada do meio ambiente e encaminhada para a reciclagem. Afinal, não somos uma empresa de clean beauty qualquer. 🤩

Você também pode aumentar a vida útil daquele produto dando um novo uso para ele e contribuir para a economia circular. Potes de vidro podem virar vasos de enfeite ou porta pincéis de maquiagem.

Por fim, busque saber se existe coleta seletiva na sua cidade e faça a separação correta do seu lixo. Ou seja, separe os orgânicos dos recicláveis.

Viu, pequenos hábitos podem te ajudar a aderir o consumo consciente e cuidar melhor do meio ambiente. 💖

Aproveite para testar seus conhecimentos sobre o universo de skincare e beleza limpa participando no Clean Beauty Quiz!

Deixar um comentário

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.