Segunda sem carne: tudo sobre o movimento

Segunda sem carne: tudo sobre o movimento

Conheça mais sobre a segunda sem carne, entenda a importância do movimento e veja como adotar essa mudança na sua dieta!

A segunda sem carne pode ser a oportunidade que faltava para você começar a diminuir o consumo de proteína animal no seu dia-a-dia. 

Essa campanha é super conhecida no Brasil e no mundo, e tem um monte de aliados importantes, que lutam pela redução no consumo de carne!

Mas muitas pessoas ainda podem não conhecer o movimento, ou não entender porque porque ele vai além da causa animal e é fundamental para o futuro do planeta.

Então, se você ainda não está por dentro do que é a Segunda Sem Carne, vem com a gente que é sobre isso que vamos falar hoje, mostrando um pouco mais sobre esse movimento tão legal!


O que é a Segunda sem Carne?

A segunda sem carne foi uma iniciativa que começou lá nas guerras mundiais. Isso porque o órgão responsável pela administração e fiscalização de alimentos nos Estados Unidos lançou as campanhas meatless mondays e wheatless wednesdays

Traduzindo, segundas sem carne e quartas sem trigo. Essa foi uma tentativa de administrar os recursos alimentares do país em um período de escassez, que foi causado pela guerra.

Mas foi só em 2003 que a campanha Segunda Sem Carne foi revivida com um outro significado, que era conscientizar as pessoas dos efeitos negativos que o consumo excessivo de carne pode ter na saúde e no planeta.. 

Com essa nova intenção, a campanha passou a se espalhar pelo mundo, tendo vários famosos como porta-voz, como o ex-Beatle Paul McCartney, que lidera a ação no Reino Unido. 🎶

Além disso, aqui no Brasil o projeto também é importante, promovido pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). 🌱

Em 2011, a SVB ganhou um grande aliado em sua campanha pela diminuição do consumo de carne ao fechar uma parceria com a prefeitura e o governo do Estado de São Paulo.

Foi quando passaram a oferecer refeições vegetarianas para centenas de escolas do setor público!

Até hoje o movimento busca conscientizar as pessoas com a Segunda Sem Carne, uma forma de começar uma nova caminhada de consumo animal mais consciente.


Qual é a importância da segunda sem carne?

Para compreender a importância da segunda sem carne, é importante ter algumas informações sobre a produção de carne. Você sabia que:

  • A pecuária é responsável por 14,5% das emissões mundiais de gases causadores do efeito estufa; 🐄
  • Para produzir um quilo de carne para consumo, são necessários cerca de 3700 litros de água; 💧
  • A pecuária é uma das principais responsáveis pelo desmatamento e queimadas ilegais da floresta amazônica;
  • Para produzir apenas 1kg de carne para consumo, são utilizados de 2 a 10kg de proteína vegetal, que poderiam alimentar um número muito maior de pessoas;
  • A cada segundo, 1 boi, 1 porco e 190 frangos são abatidos para consumo, e enquanto estão vivos, permanecem em situações de extrema miséria;
  • O consumo exagerado de carne está relacionado ao aumento do risco de desenvolvimentos de doenças como diabetes, alguns tipos de câncer e sobre peso.

Esses são apenas alguns dos impactos comprovados que o consumo de proteína animal tem no meio ambiente e nas nossas vidas. 

Por isso, reduzir esse consumo e quebrar esse sistema é importante.

E uma das maneiras de começar a fazer isso é aos poucos, um prato e um dia da semana por vez, com a Segunda Sem Carne.


O que comer na segunda sem carne?

Se você quer mudar sua dieta pelo bem do meio ambiente, mas não sabe como começar, fique tranquila!

O reino vegetal é repleto de proteínas, mesmo que a gente ache que só podem ser encontradas na carne ou em derivados de origem animal. 

Mas a verdade é que um prato para a segunda sem carne pode ser uma refeição que alimenta e cuida do corpo, enquanto também protege o meio ambiente. 

Ao montar um prato sem carne, é importante ter um bom equilíbrio entre proteínas vegetais, grãos, de preferência integrais, legumes e folhas. 🍴

Alguns alimentos ricos em proteína são:

  • Leguminosas: grão de bico, lentilhas, feijões, soja; 
  • Oleaginosas: castanhas, nozes, amendoim; 🌰
  • Cogumelos: shiitake, portobelo, funghi; 🍄
  • Grãos integrais: arroz integral, arroz cateto, arroz negro. 🍚

A melhor maneira de consumir as proteínas necessárias é apostar em fontes com maior biodisponibilidade, como as leguminosas ou a proteína texturizada de soja, por exemplo. 

Um prato colorido e saudável não é difícil nem caro de fazer, sendo um aliado para o seu autocuidado e o cuidado do meio ambiente.

Aproveite o dia mundial dos recomeços e dê uma chance para a Segunda Sem Carne!

E para cuidar ainda mais da sua saúde e do meio ambiente, assine nossa newsletter e fique por dentro dos melhores conteúdos! 

Deixar um comentário

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.