Óleo para a pele do rosto: Pode, não pode ou depende?

Óleo para a pele do rosto: Pode, não pode ou depende?

Veja qual o tipo certo de óleo para a pele do rosto, quais as proibições e cuidados antes de aplicar esse produto!

O uso de óleo para a pele do rosto é uma grande polêmica no mundo do skincare, e muita gente discute os seus benefícios. 

Isso porque várias pessoas acreditam que eles são prejudiciais, e que podem deixar a pele oleosa ou até mesmo causar espinhas. 

Mas a verdade é que os óleos essenciais e óleos vegetais, naturais, podem ser usados justamente como uma estratégia para o combate dessas condições!

Claro, nem todo mundo sabe disso, e pode pecar na hora de usar corretamente o óleo para a pele do rosto, que é mais sensível e requer um cuidado especial. 

Por isso que hoje nós vamos te contar alguns segredinhos sobre esse produto na sua rotina de beleza, e onde apostar para aproveitar ao máximo as propriedades desse ajudante! 😉


Pode usar óleo para a pele do rosto?

Os óleos vêm dos vegetais, plantas, frutos e sementes, e, por isso, têm origem natural, geralmente de um processo de prensa a frio. 

Com isso, eles se tornam muito versáteis, com propriedades que vão da hidratação até antissépticos totalmente multifuncionais.

Além disso, é importante dizer que os óleos, quando puros, são substâncias extremamente concentradas e ricas em antioxidantes, vitaminas E e K, e muitos nutrientes essenciais.

Ainda, como a pele é formada por água e lipídios, o tipo certo de óleo facial permite selar a água corretamente nos poros, unindo as moléculas e ajudando na hidratação do seu rosto.

E os óleos não possuem só vitaminas, mas também nutrientes anti-envelhecimento, que ajudam a reparar o tecido danificado e até mesmo a tratar cicatrizes com seus ácidos graxos!

Enquanto isso, o óleo para a pele do rosto enriquecido com azeite de oliva ajuda na produção de sebo, que devolve a suavidade da derme.

Ou seja, usar os óleos traz muitas vantagens, e é uma excelente opção para trazer iluminação, hidratação e proteção.

Contudo, é sempre importante tomar cuidado, pois composições muito fortes podem ter o efeito oposto! 

Os óleos essenciais, por exemplo,precisam ser diluídos corretamente em carreadores vegetais antes de aplicados na pele, ou poderão prejudicar seu rosto. 😱

Nesse caso, existem óleos mais e menos indicados para cada tipo de pele, além de outras características, como o jeito de usar, que muda de acordo com o produto escolhido. 

Por exemplo, o óleo de coco é um dos mais utilizados em tratamentos estéticos, mas, ao passá-lo na pele, precisa ter o cuidado de não aplicar antes de outros produtos, como o hidratante

Isso porque ele é um produto com propriedade comedogênica, que enche os poros, atrapalhando a absorção dos outros elementos.

Assim, para aproveitar os benefícios que os óleos trazem, busque opções naturais ou essenciais adequadas!


Quais óleos posso usar para a pele do rosto?

A natureza disponibiliza uma grande variedade de óleos essenciais e vegetais para serem utilizados na pele do rosto. 

No entanto, cada um desses produtos possuem propriedades específicas, que podem não ser ideais para alguns tipos. 

Por isso, vamos ver alguns exemplos de óleo para a pele do rosto para serem utilizados em diferentes tipos de pele. 😀

Pele oleosa

A pele oleosa é aquela que produz uma maior quantidade de sebo, ficando com um aspecto, muitas vezes, gorduroso. 

Por essa produção exagerada de gordura, o tipo tem uma tendência maior a ter poros entupidos, resultando em problemas como acne e cravos. 

O Brasil, com seu clima quente e úmido, também contribui para que a maior parte das mulheres do país tenham esse tipo de pele.

Assim, ao pensar em um óleo para a pele do rosto dessas mulheres, precisamos considerar todas essas características, buscando produtos mais líquidos, leves e que promovem hidratação e limpeza.

Algumas opções são:

  • Óleo de jojoba: com propriedades adstringentes e anti-inflamatórias, toque leve e seco, ajuda a equilibrar a produção de sebo;
  • Óleo de rosa mosqueta: um dos óleos mais conhecidos, age como antioxidante e reparador, ajudando a proteger a pele e agindo em sinais deixados por espinhas, por exemplo. 

Pele seca

Agora, quem tem a pele seca pode apostar em um óleo para a pele do rosto que seja mais consistente. 

Pessoas com esse tipo devem se preocupar em evitar a perda de água excessiva e proteger a pele de agressões externas.

Alguns dos óleos indicados para a pele seca são:

  • Óleo de amêndoas: é rico em ácidos graxos, vitaminas E e B, proteínas e minerais. Hidrata e promove maciez para a pele, melhora sua elasticidade e previne irritações;
  • Óleo de abacate: um óleo com o toque mais pesado e grosso. É rico em vitaminas A, E, C, B1, B2 e D, atuando na produção de colágeno, que melhora a elasticidade e firmeza da pele. Forma uma camada protetora na pele que ajuda a mantê-la hidratada. 

Pele normal

Por fim, a pele normal não é nem seca, nem oleosa, e produz uma quantidade adequada de sebo, tendo menos tendência a problemas como acne e cravos. Mas, é claro, podem aparecer em alguns momentos da vida. 

Quem procura um óleo para a pele do rosto e se enquadra aqui, deve se preocupar com a proteção e manutenção da saúde da pele. 

Essas pessoas podem usar a maioria dos produtos, precisando apenas estar atentas a possíveis reações alérgicas. 

Veja algumas opções interessantes:

  • Óleo de semente de uva: tem alto teor de vitamina E, sendo um potente antioxidante, que ajuda a pele a se regenerar, mantendo-a com um aspecto saudável por muito mais tempo, além de retardar o processo de envelhecimento. Também possui ácidos graxos com propriedades anti-inflamatórias e que ajudam na cicatrização. 
  • Óleo de girassol: ajuda a proteger a pele dos danos causados pelo sol (mas não substitui o protetor solar!), além de reações como vermelhidão e irritações. 🌞

Como posso usar o óleo para a pele do rosto?

O uso de óleo para a pele do rosto pode acontecer de muitas formas, como estando puro, até misturado a outros cosméticos. 

No entanto, existem alguns produtos mais concentrados, e é interessante verificar se precisa misturar eles com outros cosméticos, como o seu hidratante.

Se for o caso, é só diluir o óleo no seu creme de preferência, com algumas gotinhas, e aplicar normalmente durante a noite.

Nesse caso, pingue 3 gotas do seu óleo preferido e aplique normalmente no rosto, à noite, antes de dormir.

O uso dos óleos nesse período pode ser mais proveitoso para que eles possam agir por mais tempo. 

E, claro, não se esqueça que também é possível usar o óleo sozinho! No caso de produtos que estão no ponto ideal, pingue 2 gotinhas nos dedos e passe na pele com movimentos circulares para cima.

Por fim, uma excelente maneira de utilizar óleo para a pele do rosto é comprar produtos que já tenham esses óleos puros em sua composição. 

Se você prefere essa opção, venha conferir o SOS da Beauts, que tem em sua composição incríveis óleos de:

  • semente de uva;
  • damasco;
  • pracaxi;
  • tucumã.

O SOS realmente socorre a sua pele, tendo efeito regenerador e protetivo, acabando com a vermelhidão, ajudando a cicatrizar machucados e muito mais!

Os óleos são produtos que vêm da natureza, e manter esses elementos puros, além de extraí-los de forma consciente, é um compromisso da Beauts. 

Isso porque acreditamos e fazemos parte do movimento do clean beauty, que acredita que podemos todas nos cuidar, enquanto cuidamos do mundo. 

Vem saber mais desse movimento clicando aqui e assinando nossa newsletter!

Deixar um comentário

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.