Espinhas e cravos: um guia rápido sobre eles!

Espinhas e cravos: um guia rápido sobre eles!

Você sabe a diferença entre espinhas e cravos? Confira mais sobre cada uma e veja todos os cuidados que você precisa ter para não sofrer mais com esses incômodos!

Ninguém gosta de ter espinhas e cravos, certo? Mesmo assim, essas manifestações nos acompanham desde cedo, por conta de uma velha conhecida: a acne.

Afinal, quem nunca sentiu um mix de emoções ao se olhar no espelho e ver o rosto todo manchado? Mas, ainda que sejam classificadas como uma mesma condição, as espinhas e cravos são coisas diferentes, precisando de rotinas de tratamento diferentes. 

Quer saber mais sobre isso? Acompanhe nosso guia e veja como cuidar do seu rosto e da tão temida acne!


O que são espinhas e o que são cravos?

As espinhas e cravos são classificados pela dermatologia como acne, uma condição que ocorre quando as glândulas secretoras de óleo inflamam. 

Além disso, mesmo possuindo a mesma classificação geral, essas condições recebem nomes diferentes porque, de fato, são manifestações distintas, chamados também de comedões, e as espinhas são conhecidas pelo nome de pústula. 


Qual a diferença entre espinhas e cravos?

As espinhas e cravos possuem sua principal diferença em relação ao estágio da acne. Basicamente, isso significa que um deles evolui para virar o outro. Ou seja, os cravos, geralmente, são os antecessores das espinhas. 

Eles se formam devido a um acúmulo de sebo dentro dos poros, que podem ficar abertos, quando têm a cor preta, ou fechados, quando são brancos. 

Já as espinhas são um estágio mais avançado dos cravos. As bactérias, entrando no poro entupido, iniciam um processo inflamatório na pele que resulta nas espinhas. 


Por que os cravos e espinhas acontecem?

Como dissemos, as espinhas e cravos são o resultado do entupimento dos poros devido a um acúmulo de sebo na região. Esse acúmulo acontece pelo aumento da produção de oleosidade na área, que pode ser estimulada por diversos fatores. 

Um desses fatores é a sujeira e a poluição a qual estamos expostos todos os dias. E vale reforçar que isso afeta ainda mais a pele quando passamos as mãos sujas no rosto! 👋

O ressecamento da pele também pode estimular a produção da oleosidade,para tentar compensar a falta de hidratação. Isso acaba fazendo as glândulas produzirem mais óleos, e aumenta as chances de entupir os poros, formando acne. 

Para as mulheres, outro grande fator causador de espinhas e cravos são os hormônios, principalmente durante o período menstrual e a gravidez. 🤰

Além disso, existem provas de que alguns tipos de alimentos também estimulam o surgimento da acne, mas isso ainda está em discussão.


Espinhas em regiões diferentes têm causas diferentes?

Tradições como a ayurveda e a medicina chinesa, que tem vários séculos de estudo do corpo humano, também se empenharam para entender as espinhas e cravos. 

Assim, chegou para nós o que chamamos de mapa das espinhas, que traz diferentes causas para a acne, de acordo com a sua localização no corpo. 

E embora ainda não existam muitos estudos da medicina ocidental sobre isso, algumas descobertas confirmaram que isso realmente influencia. Agora, partindo da perspectiva oriental e ocidental, podemos formular um novo mapa das espinhas e cravos.

O mapa das espinhas e cravos

Em primeiro lugar, vamos dividir a região do rosto em quatro zonas para, só assim, poder entender os diferentes fatores que atuam no aparecimento das espinhas e cravos em cada uma delas. 

As quatro zonas são:

  • Zona T (testa, nariz e queixo);
  • Linha do cabelo e têmporas;
  • Bochechas;
  • Maxilar e pescoço. 

Agora sim, conhecendo essas zonas, podemos desvendar os mistérios mais associados ao aparecimento da acne. 

Zona T

A zona T, composta pela testa, nariz e queixo, como muitos já sabem, é a região mais oleosa do nosso rosto, o que faz com que essa seja a área com maior tendência para o surgimento de espinhas e cravos. 

Segundo a medicina ayurvédica, isso está associado ao sistema nervoso e ao intestino que, não por coincidência, é considerado o nosso segundo cérebro. Ou seja, a acne que vem dos alimentos provavelmente vai aparecer aqui.

Linha do cabelo e têmporas

Enquanto isso, as espinhas e cravos que aparecem na área da linha dos cabelos e na têmporas aparecem, muitas vezes, associados aos produtos que usamos no tratamento dos cabelos. 

Além disso, quem tem oleosidade nos fios também podem sofrer mais com acne nessa região, bem como nos ombros e costas, onde o cabelo toca. 

Bochechas

As espinhas e cravos nas bochechas estão muito associados aos nossos hábitos diários, de esfregar as mãos na região ou deixar o celular, um dos objetos mais sujos que temos, encostado ali. 

Por outro lado, seu surgimento também pode ser consequência de variações hormonais. 

Maxilar e pescoço

Por fim, essa área apresenta espinhas e cravos principalmente devido a mudanças hormonais, como as causadas devido a condições muito comuns em mulheres.

Doenças como a Síndrome dos Ovários Policísticos podem deixar manchas no rosto que são mais difíceis de combater. 


Como cuidar das espinhas e cravos?

Agora, como cuidar das espinhas e cravos quando elas aparecem? E como prevenir o surgimento de mais delas no nosso rosto?

A boa notícia é que a resposta é bem prática! Ela só inclui a mudança de alguns hábitos que trarão benefícios muito além do combate à acne, como mais bem estar para seu corpo, mente e alma. 

Alimentação 

O primeiro passo para cuidar e prevenir espinhas e cravos é pensar de dentro para fora. É importante ter em mente que tudo que comemos pode trazer benefícios ou malefícios. 

Nesse caso, alimentos ricos em gordura e açúcar são grandes vilões para nossa saúde, inclusive a da pele, podendo, muitas vezes, estar relacionados com a acne. 🍫

Por outro lado, alguns alimentos que ajudam na manutenção da saúde da pele e, consequente, da proteção à acne, são aqueles que promovem hidratação, com fontes de vitaminas e colágeno, como:

  • Peixes; 🐟
  • Castanhas e sementes;
  • Uva; 🍇
  • Cenoura;
  • Abacate; 
  • Melancia; 🍉
  • Laranja; 🍊
  • Chá verde e muito mais. 🍵

Skincare

É claro que uma boa rotina de skincare também é essencial para manter a pele saudável, e as espinhas e cravos bem longe. 

Além disso, não é preciso que seu ritual de cuidados tenha vários passos e seja super demorado, nem dependa de vários produtos”

Focar no básico pode funcionar muito bem, e ser o lema do seu skincare, lembrando apenas das necessidades de limpeza, hidratação e proteção.

Para te ajudar, separamos alguns produtos que são excelentes companheiros nessa luta contra as espinhas e cravos e que cobrem todas essas bases:

  • Limpeza: aposte em produtos que limpem sem agredir a barreira de proteção da pele nem ressecar, como o gel de niacinamida;
  • Tonificar: o Smart, como o próprio nome sugere é a adição perfeita para usar antes do seu hidratante favorito, já que ele promove tonificação e ainda alivia pontos de irritação na pele;
  • Proteção: além do seu filtro solar, aposte antes no Defense. Algumas gotinhas deixam sua pele protegida da poluição do dia a dia e age sobre a acne e pontos de inflamação. 

Todos esses produtos são feitos com ingredientes naturais, que não agridem a sua saúde nem a do planeta. 


Para fazer parte do nosso Club do Selfcare, e, claro, receber todas as dicas para ficar longe das espinhas e cravos, vem com a gente e assine nossa newsletter clicando aqui.

Deixar um comentário

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.